Pompeia e Sorrento e suas surpresas!

Buona sera!

Gente, ontem foi dia de visitar o Vaticano, mas eu preciso de mais tempo pra falar desse dia! Então vou comentar sobre hoje! Hoje o dia, segundo meu roteiro, seria para visitar Pompeia de manhã e Sorrento à tarde, dormindo em Sorrento, podendo o almoço ser onde fosse mais fácil dos dois. Hoje o roteiro deu bem certinho. Então vamos para os detalhes..

Primeiro, todos os trens da Trenitalia eu comprei com antecedência pelo site, por orientação de que seria mais barato. Assim, comprei o trem para sair da Estação Termini em Roma às 06:26 da manhã (pois fui fazendo mais ou menos como o Marcelo do Tô indo para a Itália). O ruim foi que nós passamos dias cansativos em Roma e tivemos que acordar 5:15 pra dar tempo de fazer check out do hotel, ir de malas para a Estação de metrô Re di Roma (a que era perto do nosso hotel), chegar até a Termini e lá pegar o trem! Depois da experiência,  digo que poderia ter comprado o trem para uma hora depois, e mais pro fim do post explico o porquê.

Sobre o trem da Trenitalia: comprando pela internet, (como já expliquei aqui antes), você não precisa convalidar o bilhete na estação. Para os demais trens, precisa, porque eles não vêm com o horário certo da sua viagem,  e você pode pegar o trem até mesmo do dia seguinte se quiser. Aí tem uma maquininha (fora do trem, ainda na estação) para convalidar o bilhete. Quando se compra na internet, como já se escolhe horário e assentos, não precisa. Bom, no meu trem passou um senhor da companhia perguntando pelos bilhetes. Se você estiver com um comprado la na estação sem convalidar, corre o risco de ser multado.

Continuando, o trem era para ir até Nápoles. Não há trens diretamente de Roma para Pompeia, porque são regiões diferentes. Já não é possível comprar trem da Trenitalia de Nápoles para Pompeia,  porque pega-se um trem regional. Nesse caso, chegando na Estação Napoli Central, tem que ir até os guichês da Estação Circumvesuviana que funcionam lá mesmo! É um pouco chatinho de achar, mas tem placa pra todo lado.

Minha opinião agora que peguei um trem Intercity da Trenitalia: foi super tranquilo. O trem era limpinho, confortável, e chegamos uns 10 minutinhos antes, então não foi corrido para entrar e colocar as bagagens… aliás, o espaço para bagagens é pequeno (eu já sabia e por isso trouxe uma mala pequena e uma média) mas tava vazio, então de boa! E o trem da Circumvesuviana? Bem diferente, parece um busão, cheio… sem espaços para malas, então fomos em pé com elas (Até porque até para a gente não tinha lugar pra sentar). Mas no fim deu tudo certo! Ah, lembrando que esse bilhete tivemos que convalidar, mas o trem era tão cheio, que ninguém passou cobrando!

Foram duas horas de Roma a Nápoles e depois mais uma meia hora de Nápoles a Pompeia. Lembrando que deve-se descer na Estação Pompei Scavi – Villa Misteri. É que há outra Estação de Pompeia,  bem mais longe, pois é para a Pompeia atual. Existe? Sim, acreditam? Eu jamais moraria perto do Vesuvio, ao lado de onde aconteceu uma grande tragédia, mas aparentemente neguinho não tem medo disso! E nao tem mesmo, porque se tivessem, jamais fariam todo o trabalho que fazem com Pompeia (a antiga)!

IMG_7459

Essa foi a surpresa com Pompeia!  Resolvemos alugar um audioguia (em Português do Brasil,  aeeeee) pra ver se entendíamos melhor! Daí o mais interessante é ver que os historiadores, arqueólogos, e outras profissões que possam estar relacionadas com isso, sacam de tudo! Pompeia é uma cidade que foi tomada pela ira do Vesúvio, mas é uma cidade, ou seja, é grande! E é toda em ruínas, tendo algumas partes mais devastadas e outras não, mas os profissionais que entendem do assunto sabem explicar com detalhes e pormenores o que tinha lá no século II a.C ou na época do Vulcão em 79 d.C.

IMG_7480

Isso é, na minha opinião, o maior tesouro de Pompeia. Mas, eu confesso que, se você não é historiador, arqueólogo, ou um estudante aficionado, umas duas a três horas são mais que suficientes pra visitar! É que é muito grande e a gente fica exausto e depois de um tempo passa a ser tudo um monte de ruina mesmo e pronto! Assim, começamos o passeio umas 10h e pouco e meio dia e meia terminamos. Almoçamos por lá mesmo, mas achei furada! Pizza cara e marromeno (num lugar chamado Suisse) e tem uma lojinha bonitinha perto, e eu achei que tava bombando porque comprei um Limoncello por 12 euros e balinhas de limão siciliano por 5 euros, só pra descobrir depois em Sorrento o Limoncello por 8,50 euros e as balas por 3!

Bom, após o almoço, compramos ingressos de Pompeia para Sorrento na Estação qe havíamos descido antes e logo o trem chegou (lotado como o anterior). Chegamos em Sorrento, e a cidade litorânea é mesmo a gracinha que todos falam! Chegamos antes das 15h, em alguns minutinhos fomos a pé da estação para o nosso hotel, descansamos uma  meia horinha e fomos conhecer a cidade! E por isso eu disse que podia ter dormido uma horinha a mais de manhã. Andamos a cidade toda até as 17h30, e voltamos pro hotel pra descansar até a hora de ir jantar… a cidade é linda linda, mas pequena e rapidinho a gente vê tudo! Me falaram pra dormir em Positano ao invés de Sorrento, mas eu já tinha fechado o hotel, então deixei como estava e não me arrependi! Ah, comi o melhor sorvete da Italia até então, no bar Pollio, que tem uma vitrine de doces incríveis. O sorvete era de torrone!

O mar de Sorrento!

O mar de Sorrento!

Bom, jantamos e posso terminar o post dizendo mais uma vez que estou satisfeita com Sorrento! Fomos jantar hoje num restaurante aqui perto da praça principal, o Zi’ntonio e acho que comi o melhor risoto de frutos do mar da minha vida! Além disso estou apaixonada pelos vinhos Chianti, e olha que ainda nem fui visitar a regiao! É isso aí, espero que tenham gostado!

Janta Zi'ntonio!

Janta Zi’ntonio!

Anúncios

São Paulo: dicas

Hoje São Paulo está fazendo 461 anos! Então nada melhor que falar de São Paulo. Esses dias escrevi aqui que eu e meu marido fomos pro salão do automóvel. Pois bem, por mais que a gente tenha planejamento, algo sempre foge do planejado! Quando fomos pegar o vôo,  mesmo chegando ao aeroporto na hora certa, a companhia aérea não tinha mais assento disponível para nós e teve que nos colocar em outra aeronave. E o pior, ao invés de ir para Congonhas, tivemos que ir uma hora depois para Guarulhos. Apesar de a companhia ter pago o taxi de Guarulhos até o nosso hotel, chegamos bem tarde para o almoço e ao invés de ir em algum dos restaurantes que planejávamos,  fomos caminhando pela rua perto do hotel para achar um restaurante perto em que pudéssemos matar a fome rápido!  Encontramos o Taca da Esquina na Alameda Itu, 225, um restaurante português pra lá de charmoso! Como ele foi estruturado numa casa antiga,  ele tem vários ambientes menores, o que o deixa bem aconchegante. De início eu achei que por causa disso,  os garçons esqueceriam da gente eventualmente, mas eles (que eram portugueses) nos trataram super bem o tempo todo! O mais legal é a cozinha, que fica no meio da estrutura,  e é toda de vidro. Deu pra ver que estava tudo muito bem organizado e limpo! Uma pena que eu não tenha tirado fotos do ambiente.
O cardápio é mudado diariamente, pelo que entendi. Naquele dia,  estávamos com vontade de carne. Comemos um filé com batata frita e estava tudo uma delícia! Mas o melhor foi a sobremesa!  Eles tem alguns sorvetes exóticos! Tomei um de caipirinha de maracujá,  com uma farofinha doce da casa! Excelente!  Deu vontade de provar todos os sabores. E eles têm um menu degustação dos sorvetes!  Numa próxima vez,  essa vai ser minha pedida!

image

Sorvete de caipirinha de maracujá

Sampa linda, parabéns pelos 461 anos! Espero que eu possa te visitar sempre!!!