Novo italiano em Brasília: Abraccio

Fala galera,
Hoje fomos conhecer um dos recém-inaugurados restaurantes de Brasília, o Abraccio!

O Abraccio pertence à rede Outback e é um restaurante de comida italiana! Abriram dois quase ao mesmo tempo em Brasília, um no Iguatemi Shopping e um no Park Shopping! Como fã que sou de massas, estava louca pra experimentar, então hoje fomos conhecer o do Park Shopping!

A primeira impressão que tivemos foi ótima! O restaurante é super bonito! Pra quem já foi aos Estados Unidos, ele lembra um pouco os italianos que vemos por lá.. Móveis de madeira, assim como o próprio Outback, só que sem ser rústico! A decoração é bem elegante e leva alguns quadros charmosos de vinícolas e motonetas italianas, e há também  algumas relíquias espalhadas pelo local, como uma balança de pesar frutas antiga, uma máquina registradora linda em dourado e uma própria vespa italiana!

Na entrada, para quem aguardava a reserva, pizzas fininhas para petisco e tacinhas com sangria! Para quem não sabe, o Abraccio tem o mesmo estilo de espera do Outback! Além dos sofás da entrada (que nunca dão conta do recado!) há o bar! E estava bem vazio quando chegamos, então esperamos nossa mesa lá! Eu no chá e o Gui e meus sogros no chopp!


O atendimento tanto no bar quando pela nossa garçonete na mesa foi impecável! Porém, os pratos e o chopp demoravam mais que o normal para chegar! De entrada, eles fornecem um pãozinho italiano, que veio bem quentinho e uma pastinha de azeite com ervas! Super gostoso!! Ponto alto, na minha opinião, foi oferecerem água da casa! Eu adoro isso quando estou em outro país! Acho que é o certo, sei que temos uma lei no Brasil desde os anos 90 que obriga os restaurantes a oferecerem água da casa para os clientes que pedirem, mas ninguém faz nem fala nada sobre e nós gastamos a mais além das garrafas de plástico não serem ecologicamente corretas! Então, espero que esse seja o início de uma nova cultura para nós!


Bom, quanto ao almoço em si, eu pedi o macarrão Abraccio (fetuccini Alfredo com camarões), minha sogra pediu um salmão com brócolis e meu marido e sogro pediram um filé que, salvo engano, se chama Filetto Massalo, basicamente filé ao molho de cogumelos! O acompanhamento do meu marido foi o spaguetti pomodoro e o do meu sogro o fetuccini Alfredo! Tudo estava muito saboroso, mas nós achamos os pratos pequenos! O preço de cada prato individual varia de 50 a 60 reais.


Eu acabei desistindo de pedir sobremesa porque achei todas muito caras! Todas eram mais de 20 reais e não pareciam ser como aqueles sorvetes enormes do Outback que 3 a 4 pessoas podem provar!

Para resumir, foi uma tarde super agradável, num lugar super agradável, com atendimento super agradável e comida também muitíssimo agradável! No entanto, um pouco cara pelo tamanho dos pratos e um pouco demorada para chegar! Mas com certeza eu gostaria de voltar e provar outros itens do cardápio!

Restaurantes em Brasília: Lake’s

Fala galera,

Sexta passada meu marido e eu fizemos 10 anos juntos! Para comemorar, fomos a um restaurante bem tradicional de Brasília, mas que ainda não conhecíamos, o Lake’s. Embora eu não tenha encontrado a informação de quantos anos o Lake’s tem de funcionamento, é um daqueles restaurantes que a gente sabe que está em Brasília há muito tempo. É um clássico. A chef que o comanda é Andrea Munhoz, que é a mesma chef do Palácio do Planalto.

A decoração do restaurante é bem tradicional e clássica. Nada de muitos detalhes. Acho que o restaurante podia ser um pouco mais moderno, mas ainda assim o ambiente é agradável. O atendimento é impecável! Os garçons estão sempre de olho, se estamos precisando de algo, repõem o couvert, repõem as bebidas. E são todos muitíssimo educados.

Bom, o couvert estava bem gostoso também, mas não foge do padrão. Tinha pães, bolos, pães de queijo, biscoitos de queijo e pastas de queijo, berinjela e cebola. A de berinjela estava sensacional! O preço do couvert foi de R$15,00 por pessoa, o que eu achei bem adequado ao oferecido.

Para jantar, eu pedi camarão ao creme de trufas com gnocchi de baroa. Estava bem gostoso. Mas o melhor mesmo foi o prato do meu marido. Ele pediu noce de filé em crosta ao molho de alecrim com risoto negro. O risoto estava simplesmente sensacional e a carne muuuito tenra. Meu prato custou um pouco mais de R$100,00, mas não lembro exatamente o valor, acho que foi R$103,00 e o do Gui custou R$80 e poucos. Vale destacar que a aparência dos pratos é muito linda, e vários que passavam para as outras mesas davam água na boca!

No final, já estávamos beeeeeeem satisfeitos mas como sou formiga, resolvi pedir um sorvete de capuccino. Pensei que o sorvete ia vir pequeno, por causa do valor, R$14,00. Mas veio uma mega taça com umas três bolas grandes, que foi até difícil de encarar, não pelo gosto, mas porque já estávamos mais que satisfeitos. Mas o sabor era gostosíssimo, capuccino puro em forma de gelato! Pena que desse não tirei foto!

Bom, para resumir, adoramos a nossa experiência no Lake’s, com certeza é um restaurante que merece sua visita!

Bonus: Ele está no aplicativo Grubster, que oferece descontos!

Bonus 2: O serviço de manobrista é gratuito!

IMG_4791IMG_4789

Los Angeles: finalmente, meu pezinho no pacífico…

Oi gente! Como estamos? Hoje vou falar um pouquinho sobre Los Angeles, cidade que eu tive a oportunidade de conhecer bem pouquinho! Na nossa viagem para Las Vegas, fizemos uma viagem de carro até Los Angeles, e dormimos duas noites lá. Como chegamos a tarde, e fomos embora cedinho, tivemos um dia e meio em L.A. E hoje vou contar aqui tudo que fizemos em um dia e meio!

Primeiro, Los Angeles é uma loucura! É uma cidade enorme, a sensação que dá é que cada bairro é uma cidade diferente, pois são todos muito diferentes! E o trânsito é bem caótico! Conseguimos fazer quase tudo que programamos, mas o trânsito dá uma atrapalhada, e os pontos turísticos são longe um do outro, então isso é algo que temos que levar em consideração ao planejar uma viagem para Los Angeles!

Como no caminho entre Las Vegas e Los Angeles nós paramos na cidade fantasma Calico (que depois vou falar sobre em um outro post), chegamos em Los Angeles por volta de 16h da tarde. Resolvemos incluir nesse dia um outlet e foi uma ideia bem legal! Rapidinho achei no Google um outlet em L.A. chamado Citadel e fomos para lá. Resultado: sem esperar muito, amamos esse outlet! Achei ele bem melhor que o de Las Vegas. A taxa é pior em L.A., mas eu gostei das promoções e do tipo de roupas que tinha lá! Realmente não deixou a desejar! Mas como outlet não era nossa prioridade, ficamos umas três horinhas e depois fomos fazer check in no hotel.

Ficamos hospedados perto da calçada da fama, no Holiday Inn Express Hotel & Suites Hollywood Walk of Fame, que foi o pior hotel da nossa viagem! Assim, hotel em Los Angeles é super caro, tipo Nova York, então procuramos um desses três estrelas de rede. Não foi exatamente ruim, dá pra ficar lá de novo, a cama é confortável e o café da manhã tem bastante opção. A localização é boa, mas é um pouco deserto o caminho até a calçada da Fama, e o fato é que de tudo que eu vi em Los Angeles, o que eu menos gostei foi a calçada da fama! Então se eu fosse passar mais dias lá, gostaria de ter ficado em outra localização, tipo Santa Monica.

IMG_3837

Depois do check in, fomos então conhecer a Calçada da Fama, que eu já adiantei pra vocês que foi o que menos curti. Claro que se você não conhece Hollywood, tem que ir lá né?? É tipo ir a Paris e não ver a torre! Mas honestamente, é apenas uma calçada. Claro que tem umas estrelas que você vai querer tirar foto, mas não dá pra perder muito tempo lá. O teatro chinês mesmo, eu achei bem sem graça e tinha um povo meio estranho por lá.. nem tirei muitas fotos.. Jantamos no Hard Rock Café, que eu adoro sempre!

IMG_3852

No segundo dia, saímos cedo para ir conhecer Beverly Hills, o bairro mais chique de Los Angeles, onde vários artistas moram! O bairro é bem bonito, arborizado e tiramos uma foto com a placa da entrada do bairro! Programa bem turistão, mas legal!

IMG_3874

Depois fomos na Rodeo Drive, que é a rua que tem as lojas mais chiques! Estacionamos lá perto e depois fomos andando até a rua e ficamos curtindo as vitrines, olhando os carrões que passavam, tomamos um sorvete! E vimos o hotel onde foi filmado o filme Uma Linda Mulher. Estacionar lá perto é uma missão! Ficamos uma meia hora rodando e todos os locais em que tinha a plaquinha verdinha (que autoriza estacionar) estavam ocupados! Mas no fim deu certo, umas três ruas acima da certa..

IMG_3899

Depois pegamos o carro rumo as praias Venice e Santa Monica! Elas são mais distantes de Beverly Hills e da Rodeo Drive, principalmente considerando o trânsito. Mas apesar do trânsito, é legal ir passeando por Los Angeles a toa! O dia estava lindo, um sol gostoso, o céu azul e a gente de férias! Quer coisa melhor??? Então lá fomos nós!

IMG_3917

Chegando perto do pacífico! Aeeeeee!

Bom, fomos primeiro em Venice, porque queríamos almoçar em Santa Monica, então sabíamos que ia demorar mais por lá, daí fomos logo no que seria mais rápido! A praia de Venice é conhecida por ser mais hipponga, por ter artistas de tudo quanto é tipo.. e de fato, ela tem uma vibe mais light e gente de tudo quanto é jeito! Gostei muito de Venice! Demos só uma voltinha por lá, mas vimos o comércio, vimos a academia onde o Arnold Schwarzenegger malhava nos anos 80, vimos uma galera de verde vendendo maconha para fins medicinais! Enfim, um passeio diferente mas bem divertido!

IMG_3922

Chegando a Venice Beach

IMG_3933

Academia do Schwarzenegger

Ah, em Venice tivemos dificuldade de estacionar.. tudo é pago, e tipo 10, 20 dólares! Como demos uma voltinha de 10 minutos, quando voltamos o rapaz não cobrou o estacionamento, mas foi uma sorte danada, não conte com isso! Já em Santa Monica paramos em um estacionamento coberto que ficava mais ou menos uma rua atrás da rua que passa pelo Pier. Não me lembro quanto pagamos, mas lembro que era um preço bem justo!! O pier tem estacionamento, mas estava lotado quando passamos, daí não nos deixaram estacionar lá. Quando fomos embora, ele já estava aberto. Não sei dizer se é pago ou gratuito..

IMG_3939

Eu amei conhecer o Pier de Santa Monica! Não sei dizer ao certo se foi meu passeio favorito em L.A., porque eu adorei o que fiz logo em seguida (já já conto!), porém foi divertido, o dia estava maravilhoso, a praia com uma vibe incrível! Deu vontade de estender minha canga e ficar por lá mesmo!!! E claro que eu coloquei meu pezinho no pacífico né?!? E olha, é frio, mas achei mais tranquilo que nadar no RJ! hehehe… Almoçamos no Bubba Gump! Já é a terceira vez que vou a Bubba Gump, e eu adoro o clima e a decoração do restaurante, mas a comida mesmo, nunca é a minha favorita! Mas dessa vez eu pedi um prato que amei! Valeu esse almocinho na beira da praia..

IMG_3959

Meu peixe no Bubba Gump! Tava muito bom!

IMG_3989

Pacífico! Yesssssss!

Após o passeio maravilhoso, fomos cumprir nosso roteiro! A meta era ir em algum lugar que pudéssemos chegar o mais perto possível para uma boa foto da placa de Hollywood! E aí foi que o trânsito horroroso de Los Angeles nos enrolou! Eu tinha lido na internet que o lugar que se tirava a melhor foto da placa era um lugar chamado Sunset Ranch! Colocamos o endereço no Waze e lá fomos nós! O detalhe que eu não tinha lido na internet, era que o Sunset Ranch fechava às 17h! E nós chegamos lá às 17h15! Pensa na minha tristeza! Quem prepara e planeja tanto as viagens, acaba sofrendo um pouquinho quando não dá pra fazer tudo do roteiro né?!? Então paramos o carro no bairo que dá no Sunset Ranch e tiramos uma foto de lá. Sinto que não foi a melhor foto, mas deu pro gasto! E esse bairro foi o que eu mais gostei em L.A. Beverly Hills é lindo, mas é muito glamour. Esse bairro (que é onde fica também o Griffith Observatory) parece ser mais exclusivo, sabe? Curti demais!

IMG_3996

Bom, após a foto com a placa, fomos ao Griffith Observatory. A meta era pegar o pôr do sol e a noite, pra conseguir ver Los Angeles inteira bem iluminada! Esse foi o passeio que concorre com o pier de Santa Monica! Foi muito legal ir ao Griffith (que é gratuito!)

IMG_4019

Mas gente, olha só, o tal do Griffith Observatory – que é um observatório, com atrações legais como o Pêndulo de Foucalt e um telescópio bem grande (que a gente pode ver e de graça!) – é simplesmente lotado! Ele fica em cima deu uma colina e é muito difícil conseguir vaga perto! Então prepare-se para largar o carro lá embaixo e andar (subir) bastante a pé! Nós rodamos muito e muito mesmo e aí finalmente conseguimos uma vaga pertinho, mas eu já estava ficando nervosa! Hehehe..

IMG_4022

Bom, lá de cima a gente vê Los Angeles inteira e realmente é inegável que é uma vista maravilhosa!!!! E pegamos o pôr do sol e depois a cidade toda iluminada! Eu não deixaria de fazer esse passeio, e se eu for um dia a L.A. novamente, é bem possível que eu vá querer repetir!

IMG_4027

Por último, para terminar um ótimo dia, fomos ao Farmer’s Market! O Farmer’s Market é tipo o mercado central de São Paulo, um lugar cheio de coisas bem legais! Quando chegamos lá já era 21h, que era o horário que o mercado fechava! Deu pra ver bastante coisa, mas o que ainda tinha pra comer não agradou muito a gente (tava tipo fim de feira mesmo hehe). Do lado do Farmer’s Market, tem tipo um shopping a céu aberto, o The Grove! É super lindo lá também, eu adorei! Aí nós passeamos e depois jantamos em um dos restaurantes de lá, o Wood Ranch BBQ & Grill. Lá no The Grove também tem Cheesecake Factory, que eu amo! Mas como tínhamos ido em Las Vegas dois dias antes em um, acabamos optando por algo diferente! Gostamos muito do Wood Ranch. Comida estilo Outback, com carnes bem gostosas!

IMG_4033

E assim terminou o nosso tour por L.A.! Adorei conhecer essa cidade grande, cheia de nuances! Com certeza quero voltar para conhecer um pouco mais! E vocês, curtiram L.A.?

IMG_3867

Orlando: restaurantes!

Vocês já devem ter percebido que uma parte muito importante das minhas viagens é a que envolve comida né? hehehehe… Eu não costumo ser exigente com comida, daquelas que só vai aos melhores restaurantes… eu topo tudo! Mas de uma forma geral, gosto muito de dar uma exagerada nas viagens! Costumo comer de forma saudável durante a semana (com algumas escapadas nos doces) na minha rotina, então na hora de viajar eu gosto de liberar geral mesmo!

Em Orlando, como eu já disse antes, dentro dos parques a gente não aproveitou tanto os restaurantes! Aqueles de comida rápida são bem ruins mesmo. Em compensação, de noite conseguimos jantar onde queríamos! Um restaurante que eu fui e achei bem legal foi o Hard Rock Café. Não sei porque eu não tinha uma visão muito boa desse restaurante.. como ele já tem uma fama desde que eu era garotinha, eu sempre pensava que ele não devia ser mais tão bom quando há duas décadas atrás!

1459135_436628609782102_1358745762_n

O fato é que eu gostei da experiência! O restaurante tem uma decoração bem gracinha, meio rock ‘n roll 60s, que eu não consegui fotografar muito bem porque o ambiente era mais escuro (de novo hehe)! O atendimento, apesar do garçom ter sido super simpático, eu achei bem demoradinho… já tava até desanimada por isso!

1425787_436628323115464_1241092867_n

Bom, eu e o Gui não costumamos ter um apetite pra cada um comer um prato, ainda mais nesses restaurantes americanos em que o prato é enorme, então nesse dia resolvemos dividir um appetizer – uma entrada daquelas que eles colocam as entradas todas numa entrada só, em quantidades menores. Tava surpreendentemente gostoso!

1424412_436553449789618_1290188785_n

Pra resumir, eu indico o Hard Rock Café, mas nem de longe é meu favorito! Há alguns restaurantes no complexo do Universal que eu gostaria de testar numa próxima vez!

Disney: meu restaurante favorito!

Uma das coisas que eu particularmente achei que a gente não faz bem na Disney (e nos demais parques de Orlando) é comer! De uma forma geral, os restaurantes de verdade a gente tem que reservar com antecedência e acaba não conseguindo reservar pra almoçar em todos os parques. Algum parque ou outro a gente consegue vaga na hora pra restaurante (que pode ser uma boa pedida ou não), mas no mais, a gente acaba comendo naqueles fast foods que tem lá dentro, que oferecem sanduíche, pizza, pretzels ou qualquer coisa do tipo, que não são bons. Eu adoro pizza e sanduíche, mas aqueles da Disney não são um Burger King nem nada do tipo….

Mas, como eu disse, alguns restaurantes podem sim ser uma boa pedida! O meu favorito foi um que conseguimos reservar com antecedência pela internet antes de irmos, o Rainforest, que fica no Animal Kingdom. O Animal Kingdom não é dos melhores parques. A montanha russa Everest é ótima e o 4D do Vida de Inseto também é bem divertido. No mais, pouca coisa. Mas o restaurante (que você pode ir sem necessariamente ir ao parque) é o melhor de todos!

O Rainforest na verdade existe em várias partes dos Estados Unidos, mas em Orlando fica na entrada do Animal Kingdom. Ele é um restaurante com uma decoração bem exuberante e chamativa, pois é como se estivéssemos dentro de uma floresta, com direito a uma árvore enorme, aquários e até mesmo um gorila guinchando! Pena que minhas fotos ficaram péssimas porque o restaurante é um pouco escuro, mas vai por mim, é super bonito! E um local animado, porque fica cheio (fomos em outubro) e volta e meia tem alguém fazendo aniversário lá e aí os garçons cantam parabéns; é bem divertido!

Nesse dia, pedimos somente nossos pratos e não comemos entrada e nem sobremesa (apesar da cara da sobremesa ser ótima, ficamos muito mais que satisfeitos só com o prato principal). O meu prato era o Jungle Steak and Shrimps – um bife grelhado com molho amanteigado, batatas fritas, camarão empanado com coco, e um camarão com um molhinho que eu não me lembro qual é… mas olha, tava tudo muito gostoso!

1390889_428597427251887_1138117130_o

Então, minha dica é, se for a Orlando, reserve o Rainforest Café. Você pode reservar o Rainforest por aqui!

Brasília: restaurante Oscar

Eu e meu maridinho no Oscar!

Eu e meu maridinho no Oscar!

Eu sei que o blog é pra falar das minhas viagens, mas hoje eu estava pensando que, se for assim, eu vou acabar nunca falando de Brasília, já que moro aqui. Então resolvi colocar também um pouquinho sobre Brasília. Não vai ter muita coisa sempre, porque eu raramente faço programas muito diferentes aqui. Mas hoje vou escrever sobre o restaurante que fui quando fiz um ano de casada, em outubro do ano passado, o Oscar.

Quando fomos fazer um ano de casados, eu fiz uma lista com dez restaurantes para o meu marido escolher um pra gente ir. Eu deixei ele bem à vontade, e ele acabou escolhendo um que possivelmente não seria minha primeira opção da lista, mas, de qualquer forma, na lista estava, então fomos!

O Oscar é um restaurante que fica no Brasília Palace, um dos hotéis mais antigos de Brasília, à beira do lago, e que foi reformado há alguns anos. O hotel foi projetado em 1958 pelo Oscar Niemeyer, e daí vem o nome do restaurante, uma homenagem ao nosso querido arquiteto.

Infelizmente eu não tirei fotos dos nossos pratos, porque é meio raro eu tirar essas fotos (eu geralmente tiro de sobremesas, que são a minha parte favorita), ainda mais que eu nem imaginava que eu ia querer ter um blog depois! Mas vamos ao que interessa! O restaurante tem um ambiente clássico, em tons mais sóbrios, e o prédio térreo é circular, e no meio dele um piano! As paredes são de vidro, pra gente curtir os jardins do hotel.

Nesse dia, me lembro que pedi uma caipiroska e meu marido tomou uma cervejinha. Bem gostoso! A entrada foi a única decepção. Era uma entradinha de salmão, e o salmão estava salgado demais. Ficamos bem tristes, porque pensamos que o jantar seria um desastre, mas, como eu disse, foi a única decepção.

Não vou me lembrar o que meu marido pediu, mas quero deixar de dica o meu prato, um nhoque de abóbora com queijo emmental que estava perfeito! Uma das massas mais gostosas que já comi! E como sobremesa, pedi um bolinho de amêndoas com sorvete, que estava muito, mas muiiiiiiito gostoso! O que achei bem legal do restaurante é que ele não é muito grande e a gente consegue conversar, ter uma noite agradável, ouvir uma musiquinha calma no piano… de uma forma geral, não é meu favorito, mas eu iria de novo!

caption