Paris: mais dicas!

Em janeiro, uma amiga minha dos tempos de escola, que hoje é minha colega de trabalho (apesar de nos vermos bem pouco no trabalho por termos funções bem diferentes), viajou para Paris! Ao ver suas fotos no instagram, eu não consegui me segurar e, apesar de já ter feito mil pesquisas para minha viagem, pedi as dicas dela também! Afinal, sempre pode sair uma nova carta da manga né?!?

Ela (a Thais) me mandou as dicas ontem, eu achei beeem legais, e pedi a ela para publicar aqui no blog e ela autorizou sem problemas! Então, ficam as dicas da Thais!

“Bom dia, Nayara!
Tudo bem?! Aí vão algumas dicas de Paris… Você vai adorar a cidade! Aproveite bastante!Dicas Gerais:

*Leve tênis bem confortável! Você vai subir muitas escadas e caminhar bastante! 😉
*Cuidado nas visitas a museus porque você pode ser roubada. Muita atenção com seus pertences pessoais…
*Coma croissants, nutella, fondue… Hummmm!!! Aproveite!
*E lembre-se: quem converte, não se diverte! heheheheh
1. Aeroporto – Hotel:
Bom, o transporte do aeroporto (seja pelo Charles de Gaulle ou pelo Orly) pode ser feito facilmente pelo metrô. Lá existe o RER, com conexão para o metrô. É muito fácil de pegar, bem mais barato do que táxi e não demora. Gastei 7,50 euros do Charles De Gaulle para a rua de Vaugirard (onde ficava o meu hotel).

           É interessante, assim que chegar ao aeroporto, pedir um mapa da cidade com as linhas de metrô em um dos guichês “Tourist information”. Tem vários no aeroporto. (Anexei uma foto do mapa pra vc).

2. Metrô:

           O melhor meio de transporte em Paris! Achei muito fácil andar de metrô por lá. Tem muitas estações e muitas conexões entre linhas. Quando vc entra em uma linha de metrô, existem máquinas nas quais vc pode efetuar o pagamento do ticket, bem como guichês, caso vc precise de outras informações.
Eu andei de metrô todos os dias… Foi muito tranquilo! Lá é bem sinalizado. Com o mapa na mão vc vai conseguir se locomover tranquilamente.
3. Museu do Louvre:
           Que lugar maravilhoso!!! E enorme! Heheheh! Programe-se com antecedência para saber o que você quer visitar… Lá é muito grande! Não dá para ver tudo em um dia só… Acho que nem em uma semana você consegue! Você também pode comprar os ingressos pela internet…
           Existe um Audioguide do Louvre que você pode baixar lá na hora da sua visita. Lá tem wii-fi de graça, mas só para baixar o aplicativo. O Audioguide mostra uma planta do Louvre, bem como onde estão as atrações mais visitadas… Vale a pena! Tem áudio também sobre cada atração que você pode ouvir lá na hora.
            *Importante: O Louvre abre todos os dias (exceto às terças-feiras), das 9h às 18h – lembrando que às quartas e às sextas o local só fecha às 21h45.
 
4. Museu D’Orsay
Gostei bastante! No Museu de Orsay estão presentes obras de Van Gogh, Monet, Degas, Maurice Denis, Odilon Redon. Existem, também, exposições temporárias que ocorrem paralelamente à exposição permanente.
            O edifício, que atualmente alberga o museu, era originalmente uma estação ferroviária, Gare de Orsay, no local onde se erguera até 1871 um antigo palácio administrativo, o Palais d’Orsay. Foi inaugurado em 1898, a tempo da Exposição Universal de 1900. O projeto foi do arquiteto Victour Laloux.
             Em 1939, deixou de ser o terminal da linha que ligava Paris a Orleães devido ao comprimento reduzido do cais, passando a ser apenas uma estação da rede suburbana de caminhos de ferro; e mais tarde, durante a Segunda Guerra Mundial serviu de centro de correios. A estação foi fechada a 1 de Janeiro de 1973.
              Em 1977, o Governo francês decidiu transformar o espaço num museu. Foi inaugurado pelo presidente de então, François Mitterrand, a 1 de Dezembro de 1986. Os arquitectos Renaud Bardon, Pierre Colboc e Jean-Paul Philippon foram os responsáveis pela adaptação da estação.           
               OBS.:*Não pode tirar foto lá dentro
5. Champs-Elysées e Arco do Triunfo:
              A Champs-Elysées é uma das mais famosas e glamourosas avenidas do mundo. Ela liga o Arco do Triunfo à Place de la Concorde e reúne as principais joalherias e lojas de grandes grifes. De quebra, é vizinha à residência oficial do presidente da república, o Élysées Palace. É aqui que ocorre a grande festa de Réveillon em Paris, bem como as principais celebrações de conquistas militares ou esportivas, como o desfile de 14 de Julho (A Queda da Bastilha) e a etapa final do Tour de France.
               A loja que mais valeu a pena para mim foi a Sephora! Vale a pena conferir os produtos. Quando você entra o pessoal já pergunta de onde vc é e falam português, inglês, espanhol… O que for preciso para vender! ahhahahahaha! Experimente os produtos e veja o que você vai gostar… Pra mim valeu muito a pena!
Ao final da avenida Champs-Elysées você verá o Arco do Triunfo. Tem como você subir lá em cima e ver a cidade! Vale muito a pena!!! Você vai subir bastante escadas!kkkkk! Mas a vista é linda! Acho que paguei 9 euros para subir…
6. Palácio de Versailles:
               O Palácio de Versailles fica fora de Paris, em Versalhes. Você pode pegar um metrô para lá… É super tranquilo também!
É um dos pontos turísticos mais visitados da França. Vale muito a pena! Eu adorei! É lindo, enorme e você consegue sentir aquele clima histórico! Fiquei encantada!
7. Basílica do Sacré-Coeur:
              A zona de Montmartre e seu arredor é sem dúvida uma das mais contrastantes zonas de Paris: você encontra uma multidão formada por fiéis que visitam e frequentam a Igreja do Sacré Coeur, clientes de bares e de sex shops da periferia de Moulin de la Galette, e um cenário de belos terraços na Place des Abbesses.
              O acesso até a igreja pode ser feito por escadas ou se preferir, de funicular.
              Atualmente, a basílica é um dos monumentos mais visitados de Paris. Visitei a basílica durante uma missa, é possível entrar na igreja e caminhar por ela tranquilamente, única coisa é que deve fazer silêncio e não tirar fotos (os seguranças ficam de olho e reclamam quando alguém tira foto).
              *Dica: Esse é o tipo do bairro onde você tem que passear a pé mesmo. Pegue o metrô apenas para chegar até ele ou quando for embora. E o resto do percurso tente fazer caminhando, só assim você vai entender o que é sair de um lugar sagrado e derepente se deparar com um cenário mais promíscuo, mas não por isso vulgar e não recomendável para visitação, que é a zona do Moulin Rouge e seus sex shops.
               Depois de visitar a Sacré Coeur, aproveite o visual da cidade de Paris que se tem à partir do terraço lá no alto. Depois, desça as escadarias em direção a rua Place Saint-Pierre, pare na metade do caminho, volte-se para trás e tenha uma formidável vista da igreja.
                Aí então, termine as escadas e quando cruzar os portões e atravessar a rua, entre na Rue de Steinkerque, e logo a sua esquerda, aproveite para experimentar um delicioso e quentinho crepe francês. Lá encontrará também diversas lojas de souvenir.
                Dê uma passada também na “I love you wall”, considerada já uma atração turística. É uma parede onde está escrito “eu te amo” em todas as línguas. A parede está localizada na Place des Abbesses. Desça na estação de metrô Abbesses. A entrada é gratuita.
Outros Lugares que vc não pode perder…
8. Catedral de Notre Dame:
9. Jardim Du Luxembourg:
10. Panthéon:
11. Torre Eiffel: você tem que ir até o nível mais alto! É lindo e vale super a pena
12. Disney: Se tiver tempo, vale a pena! Me diverti demais!
*O que vale a pena comprar por lá:
     Pra mim, o que valeu realmente a pena foram cremes dermatológicos… Comprei água termal, produtos La Roche… Levei uma foto da lista de produtos que a minha dermato indicou e comprei tudo lá por um preço muito mais barato!
     Chocolates Lindt – tem um que eu indico: o de creme brulée! É fantástico! hehehehe
     Maquiagem – vale a pena ir na Sephora da Champs-Elysées”
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s